A MAIOR BURLA DE SEMPRE !

"Quand le deshonneur est publique, il faut que la vengeance le soit aussi!" - Beaumarchais
___________________________________________


terça-feira, 18 de agosto de 2009

A documentação fotográfica é uma maçada...

Gosto muito de fotógrafos de casamentos e baptizados, pegam na máquina disparam e aí vai... nem se preocupam se o fundo é bonito ou não!
Admiro muito os de Publicidade, procuram os melhores ângulos, para ficar tudo bonito.

Abençoados os de casamentos e baptizados!
A senhora da fotografia, de seu nome Ilda Flores Nunes Reis e supostamente minha mãe, foi fotografada por um desses abençoados, no dia 8 de Dezembro de 1957, dia que dizem do meu baptizado.

Clique na imagem para ver maior.

Se repararem bem, por de trás está em obras e a ser erigido, o Ministério das Corporações, depois do Trabalho e agora da Segurança Social. Quando ficou pronto, era o maior edificio de Portugal.
A infâmia está em que no ano de 1957 a construção não tinha sido iniciada, como se pode ver pela foto abaixo do Arquivo Fotográfico de Lisboa.
Portanto aquela criança não sou eu...

Clique nas imagens para ver maior.

É perfeitamente visível o espaço vazio onde mais tarde viria a ser construído o edifício mais alto de Portugal, à época.

Infâmia das infâmias:
- Senhora D. Ilda, continua a viver bem à minha custa?
- Continua preocupada com o "Pateta" (epíteto dado pelo Partido Socialista) , vulgo Jorge Ferro Ribeiro, Interfina?
- Senhora D. Ilda não tem vergonha das falsas declarações que foi prestar ao DIAP?

Para que não restem dúvidas atentem nesta imagens de 1965 também do Arquivo Fotográfico da Câmara Municipal de Lisboa.
Clique nas imagens para ver maior.

to be continued...

24 comentários:

Futebolartte disse...

Amiga tu desmascara de vez esses palhaços todos! Já reparaste que estás mais pritty que nunca minha amiga! Força nessa tua luta pelo que é teu!

joshua disse...

Perturbador, Karocha! E um belo trabalho de investigação! Faça-se justiça.

Karocha disse...

Pois é Joshua
Isto ainda é só o principio.
E para quem de direito, não vale a pena assaltarem-me as casas;
Está tudo muito bem guardado.

E já agora Drª Manuela Rangel de Mesquita,não tem vergonha do que foi dizer ao DIAP?
Não tem vergonha de aos 3 anos me receitar Serenal um psicotropico, que os drogados usam para a ressaca e retira memórias????

Pain disse...

Depois de este post, posso concluir que nem sabe a sua idade certa nem a data de nascimento?

Já ponderou ir fazer algum teste para determinar isso?

Seria mais um dado para acrescentar à trama não?

Outra coisa: das fotos de 1965 pq é que não está lá o famigerado edificio?
Encontrei um link que diz que foi inaugurado em 1966. Ora, com a tecnologia da altura, era impossivel construi-lo em 365 dias. Digo eu

Pain disse...

Já agora:

http://biclaranja.blogs.sapo.pt/101958.html

"O postal é de 1959 (possivelmente tirado do alto do Ministério das Corporações em construção); a edição é de António Passaporte."

O que faz todo o sentido...

Outra questão:

Nunca pediu testes de ADN para confirmar a paternidade?

Pain disse...

Em jeito de comentário final, respeito muito a sua vontade de obter justiça e verdade, e posso-lhe dizer que, na minha opinião, essas fotos do Arquivo Fotográfico são provas muito fracas do que afirma dizer... O que seria fundamental e o que provaria a falsidade da sua foto de baptismo seria um documento que dissesse a data de inicio de construção do edifício do Ministério.

Com os meus melhores cumprimentos

Karocha disse...

Pain:

Sim! Sei as minhas data e local de nascimento - cortesia do SIEDM.

Se tomar a devida atenção a este blog verá que irei apresentar mais elementos. Como calculará não posso postar tudo de uma vez.

A chave da questão é a falsificação do baptismo, como irão ver num próximo post.
É pouco ou nada importante que em 1965 o edifício já existisse.
Importante sim é que em 1957 seguramente, ele não existia!

Teste de ADN só o MP pode pedir. Infamemente o MP não investigou nada. Eu pensava que tinha advogado, mas não tinha - ver o post anterior.

Cumprimentos.

Karocha disse...

Obrigada por seguir o meu blo JES

Abraço
Karocha

Karocha disse...

Rectifico o erro blog
:-)

Pain disse...

Ficarei a acompanhar com atenção os novos posts.

A questão é que em 1957 o edificio não existe... mas já estaria em construção? O que se vê na sua foto de baptismo é uma obra onde provavelmente irá ser o edificio.

Se conseguir provar que em 1957 ainda não tinham começado as obras então, sem duvida que essa foto é falsa.

Não sou minimamente parte interessada neste processo e tome os meus comentários "cépticos" como uma ajuda para sustentar a sua tese e não como critica.

para mim disse...

Karocha, se há dúvidas quanto ao início da data de construção de edifício, aconselho então uma consulta aos jornais de 1966, o dito ano da inauguração do mesmo. Quase de certeza que deve estar escrito algures a data da construção. Se a foto foi obtida na data que menciona, Dezembro de 57, significa que o edifício demorou 10 anos a ser construído... Outra coisa, talvez nas redondezas haja ainda casas de retratos ou quem tenha espólios guardados onde se vejam fotos idênticas à sua e da mesma época para comparar...

Karocha disse...

Fred
Boa ideia.
Nos 3 arguidos, não se consegue entrar nos forums!

Karocha disse...

Srª Dona Ilda:

Então, no DIAP, além de ter dito, o que é verdade pois já mo tinha dito que o seu marido não era meu pai, disse também que não se lembrava do dia em que eu tinha nascido e, infâmia das infâmias, que eu tinha sido registada na Igreja de S. João de Deus na Av. de Berna?
1º- Não estamos na idade média, os registos não são feitos nas igrejas!
2º- Senhores do DIAP: a referida igreja é na Praça de Londres; têm medo de quê? Ou há ordens para tapar isto?
3º- Os meus filhos, nasceram os dois a uma quinta-feira e até sei a que horas, (o que é natural pois sou Mãe), na Clínica de S. Gabriel, de cesariana e foram registados na conservatória de Cascais; é natural que a D. Ilda não se lembre do meu nascimento...
4º- Srª Dona Ilda,continua a divertir-se com os documentos que tem em sua posse e são importantes para mim?
5º- Srª Dona Ilda e a Drª Manuela Rangel de Mesquita não conseguiram pôr as mãos no envelope. Que infâmia queriam, a senhora e a Drª Manuela Rangel de Mesquita, fazer?
6º- Lembra-se da infâmia que praticou ao ter abandonado o meu filho em coma no Hospital de Cascais? E de posteriormente, por causa disso, ter proferido esta terrível frase com o meu ex-marido presente: "Vê-se mesmo que não és minha filha!"? Lembra-se? Eu lembro, felizmente tenho memória "de elefante"!

Futebolartte disse...

Havia um documento no forum 3 arguidos, mais precisamente uma carta como montes de situações sobre este caso. Que aconteceu? Quem quer que não se saiba disto ?

Karocha disse...

Tanta gente!!!
Para começar, os Srs. do avental.
Já agora, pensavam que eu não descobria o que fizeram em Agoto de 2001???

São tão básicos...

Karocha disse...

Rectifico "Agosto"

Karocha disse...

Caros Senhores.
Vão ter mais novidades, nos próximos dias!
Cumprimentos a todos e bom fim de semana.
Para o Sr.Cardeal Patriarca também, bom fim de semana,senhor embaixador do estado mais rico do mundo,Vaticano...

Xico disse...

E não podem ser os andaimes do edifício anterior ao do ministério?
Se o ministério não estava lá podia ser outro edifício ao lado! É o que parece tendo em vista os prédios fronteiros!!!?

Karocha disse...

Xico
Aquilo que parece,não é!

Black disse...

Xico:
Se tem dúvidas consulte os arquivos da CMLisboa.

para mim disse...

Karocha,
Olha para esta foto que te envio em link e repara bem que, em 1957, já parece haver ali no sítio do edifício que falas, uma área delimitada por uns "tapumes" o que pode ser o início da obra que, em dezembro, se vê na foto a meio da construção.
Não sei o mês desta foto mas tudo indica que o inicio da construção deste edificio poderá ter sido em 1957. Mas, mais uma vez, te aconselho a veres os jornais da época ou ainda aceitar a minha sugestão de procurares fotos de casamentos ou baptizados daquele ano e fazeres a comparação.

http://media.photobucket.com/image/pra%2525C3%2525A7a%20de%20londres%20lisboa%201957/Phobos.europe/A26097.jpg

Karocha disse...

Fred
Tão pequenina
E o Hotel?
Mas já arranjei melhor...

glb disse...

1-A foto pode ser uma montagem:
2-Não sei se foi aquando da morte do Peter Lawford que saiu uma noticia a dizer que era uma dos que poderia saber como morreu a Maryln Monroe. Felizmente para si as pessoas estão vivas.
3-Era bom que o Dr. Garcia Pereira dizesse [mesmo que contra si, eventualmente considera-a lunática, etc] porque não seguiu com o preocesso.

Karocha disse...

Ao fim de tanto tempo ,já enteou glb?
Estamos em 2012!!!