A MAIOR BURLA DE SEMPRE !

"Quand le deshonneur est publique, il faut que la vengeance le soit aussi!" - Beaumarchais
___________________________________________


domingo, 4 de agosto de 2013

A V I S O

Há dias um velho conhecido meu, o meu primeiro namorado, disse-me que tinha recebido uma mensagem inconcebível no seu telemóvel enviada do meu email.

A minha alma ficou parva!

Porque:
 1.º- não uso o email para enviar mensagens para os telemoveis;
 2.º- nem sei como enviar SMS do email;
 3.º- quando envio SMS teclo-as no meu telemovel;
 4.º- não tenho o meu telemovel ligado à web.

Sabendo que:
 1.º- o meu computador foi alvo, várias vezes, de hackers;
 2.º- o meu mural do FaceBook foi atacado, pelo menos 5 vezes, e retiradas coisas que publiquei;
 3.º- para além de outras tenho os meus telefones sob escuta;
 4.º- os meus inimigos pretendem fazer crer, a todo o custo, que sou louca.

Tenho que chegar à conclusão, mais que lógica, que algo de MUITO importante os anda a incomodar em demasia!

E que tal começarem a explicar a razão de ser de toda a "papelada" que aqui tenho exposta??

E que tal começarem a explicar todos os gritantes silêncios que se "ouvem" neste blog?

E que tal pararem de ocultar o meu nome e os meus bens?

Os Portugueses, seguramente, agradecem, quanto mais não seja pela transparência onde eles, também, gostariam de viver.

20 comentários:

Karocha disse...

É preciso não terem um pingo de vergonha!!!
Andam aflitos?
Só pode...

Adiantada mental disse...

Muitos, muitos portugueses, já se aperceberam da falta de transparência dos políticos. O dia de mudança chegará!

Betinha Correia disse...

Amiga karocha
Actualmente. até o chao que se pisa,não é de confiança!!
beijinhos e boa semana

Luis disse...

Há muitas coisas que se podem acumular, o ódio, os trapos velhos, os olhares de esguelha, mas uma coisa é certa, o que ditou as fronteiras deste pais foi o acumular da Inveja.

Quando já não chegava cá, transbordou pelo mundo inteiro, e foi o que se viu.

O sábio, o verdadeiro sábio, soma e segue :-)

Nilson Barcelli disse...

Há coisas estranhas que acontecem a muita gente.
Desta vez, tocou-te a ti (outra vez...).
Beijocas, querida amiga.

Karocha disse...

Nem imaginas o que foi, Nilson.

Bjocas

Luís Alves da Costa disse...

Isto anda muito parado: será das armas químicas? :-)

kisses

Luís Alves da Costa disse...

... bem, das armas químicas é de certeza, mas queria saber... o resto

Nilson Barcelli disse...

Espero que as coisas estejam calmas para os teus lados.
Karocha, tem um bom resto de semana.
Beijo.

Adriano Levi disse...

Vim aqui parar trazido por mão amiga; ainda bem!
Se lhe apetecer passe por "minha casa".

Nilson Barcelli disse...

Voltei para ver as novidades.
Que não há...
Karocha, tem um bom resto de semana.
Beijo.

Nilson Barcelli disse...

Não achas que já é tempo de tirares um coelho dessa cartola tão preguiçosa...?
Karocha, tem uma boa semana.
Beijo.

Karocha disse...

Tou a gostar Nison, nem imaginas o nervosismo que anda por aí :-D


Boa semana

Bjocas

Nilson Barcelli disse...

Mas o post já tem teias de aranha e cheira a mofo...
Abre as janelas e deixa entrar a luz e o ar fresco...
Karocha, minha querida amiga, tem um bom domingo e uma boa semana.
Beijo.

Karocha disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKK

Igualmente para ti, Nilson

Bjocas

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, em mais uma visita semanal (sou quase um relógio...) desejo-te um bom fim de semana.
Beijos.

Filho de Puta disse...

Cara Karocha:
Ainda me lembro da inauguração do Bar "Salto Alto" quando o falecido Cassiano (do Restaurante "Bota Alta") entrou acompanhado do Sir Cliff Richard. Fez-se um silêncio à volta da entrada do famodo que se dirigiu directamente a si e depois da vénia lhe beijou a mão. Após o que toda a assistência se entreolhou espantada.

Karocha disse...

Olá Filho da Puta.

Como está o Sr. Jornalista?
Eu ainda hei-de descobrir que é por detrás desse Nick.

E como de costume continua a saber muito da minha vida pública !!!

Karocha disse...

Errata

"Quem"

sagitario disse...

saber a nossa identidade por vezes é dificil e quando se nasce no maio de uma guerra deve ser desafiar as leis da gravidade.

Espero que nunca desista de lutar pelos seus ideais e que os seus adversário acabem a aplaudi-la de pé.