A MAIOR BURLA DE SEMPRE !

"Quand le deshonneur est publique, il faut que la vengeance le soit aussi!" - Beaumarchais
___________________________________________


sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Arquivamento de processo pelo DIAP - I

Vou começar pela Certidão do Assento de Baptismo falsa.
Sobre este assunto, que é onde começa a trama, argumenta o DIAP em 4 linhas e picos:


Caros senhores do Departamento de Investigação e Acção Penal:
Ouvem o Pároco da Igreja de S.João de Deus e o Patriarcado. O DIAP acha que há crime, contudo, como está prescrito, arquivam!

Como devem saber, naquela época, até à entrada para o liceu a cédula pessoal era o único documento oficial de qualquer criança; só depois se tirava o BI.

Os senhores é que, supostamente, sabem de leis e de investigação, e não lhes passou pela cabeça pedir ao Patriarcado a explicação para a ausência da anotação do baptismo na Cédula Pessoal? Ou melhor ainda a autorização para eu ser "baptizada" na Igreja de S. João de Deus?

É que pela lei da Igreja eu deveria ter sido baptizada em S. Sebastião da Pedreira; para o ser noutra igreja tem que haver uma autorização do Patriarcado.

Julgava que a vossa missão, como o nome indica, também fosse da "investigação"!

Não pensaram, senhores do DIAP, que lhes estão o ocultar algo? Ou é ao DIAP que estão a mandar ocultar?

O crime de ocultação de identidade prescreve? Ou o poder político vai fazer uma lei a correr para isso acontecer?

21 comentários:

Karocha disse...

Senhores do Departamento de Investigação e Acção Penal:
Desde 1994 que peço à D. Ilda Flores Nunes um teste de ADN. Sempre negou e ri-se na minha cara.
Pelos vistos também se ri na cara do DIAP e da Justiça deste país depois de ter declarado que o falecido Eduardo Jorge dos Santos Reis não era meu pai e não se lembrava do dia em que eu tinha nascido, a meretíssima juiz não mandou imediatamente fazer um teste de ADN, quando sabe, Juiza Maria Manuel Saraiva, que só os senhores o podem pedir.

Futebolartte disse...

Vale tudo amiga, vale tudo!
País de merda este!

Idalina disse...

Karocha

Se há prescrição não há lugar a qualquer investigação criminal .É da lei.Por isso ,não existe qualquer ilegalidade quanto a esse assunto.

Octavio Diaz-Berrio disse...

E então por esse andar estando tudo, eventualmente, prescrito e mal investigado, a Karocha ficaria para sempre sem saber que aqueles NÃO são os seus pais e meus sogros!
Assim nunca se reabriam processos; o que aqui falta é vontade para investigar ou há ordens nesse sentido!

Eu é que sei o que a minha ex-mulher tem passado com tudo falsificado, nem cartão da Segurança Social tem, o Estado nega-se.

Como deve ser advogada sabe perfeitamente que há processos que nunca prescrevem.

Com franqueza, Idalina...

Idalina disse...

Não sou advogada e o que sei é da informação que qualquer cidadão mais interessado percebe....
Pergunto eu ...porque não arranjaram um bom advogado que defendesse a Karocha ,já que existem tantas ilegalidades ?
O que se passou neste aspecto ?
Bom motivo para escreverem ao actual bastonário e pedirem o respectivo aconselhamento.

Karocha disse...

Idalina

Indo ao inicio do blog está lá:
Dr. Garcia Pereira e associados.
Quer mais?
Dr. José António Barreiros...
Dr. Marinho e Pinto?
O actual Bastonário, que apoia o Sr. Pinto de Sousa no boletim da Ordem, e com quem troquei vários mails enquanto jornalista?
Pena não saber na altura que tinha sido assessor no governo de Macau.

E lá vamos outra vez dar a Macau, não é Dr. Carlos Jorge Feijó Pereira Ribeiro?

Karocha disse...

Um recado para o Dr. Carlos Jorge Feijó Pereira Ribeiro, aka Jorge Ferro Ribeiro:

- Como bem me conhece, não se esqueça que a "Mulher de um raio" cumpre sempre as promessas.

Karocha disse...

Idalina

Agora tenho um bom advogado.

Não é Sr. Embaixador do Reino Unido?
Também pertence à "aventalada"?

Futebolartte disse...

Veremos é até onde vai esse teu advogado e se não é apenas mais um ...

Idalina disse...

Karocha

Lendo o que aqui escreve até parece que existe um "triângulo diabólico" ...Macau ( o tal Jorge Ferro Ribeiro ,que foi meu vizinho em Angola ), personalidades ligadas ao PS , maçonaria ...o que traduz algo que me escapa,ou seja, o que existe em comum nestas "realidades" que a persigam ,ou pelo menos queiram "apagá-la "?

Karocha disse...

Idalina

Seu vizinho em Angola pai ou filho?

Idalina disse...

Karocha

Conheci muito bem a família toda ( os pais,as duas irmãs e este Jorge )Como sou da idade das duas irmãs era com estas que brinquei durante a meninice.O jorge era o mais velho.Depois de vir de África perdi o contacto com eles,mas soube da morte do pai ,que era adjunto do Procurador Geral da República em Angola.
Mas, não respondeu à minha pergunta ,ou não o quer fazer ?

Karocha disse...

Idalina

Já percebe, está a referir-se ao Cajó.

Idalina disse...

Karocha

Um esclarecimento ...eu sei,ou presumo, o que haja de comum com estas "entidades".Portanto, a pergunta reformulada ,é porque é que elas aparecem no seu caminho ( segundo me apercebi )?

Karocha disse...

Idalina

Conhece aquela canção "money, money, money ..." - Cabaret, Liza Minelli?

Idalina disse...

Claro que conheço e registo!!!!

Karocha disse...

Idalina

É Só juntar as peças...

Karocha disse...

Idalina

Como já percebi que é uma mulher inteligente, estou a preparar um post para amanhã.
Vai ver como vai conseguir começar a juntar as peças do puzzle!
Fique bem.

Marota disse...

Olá Carocha, testes de ADN podem-se fazer mesmo sem o consentimento da pessoa em questão. Informe-se Que na net vai encontrar uma solução.

Karocha disse...

Marota

Só o M.P. o pode pedir eu não.

Marota disse...

Karocha, M.P.? Tenho dificuldade em decifrar abreviaturas. Pegue numa escova do cabelo da pessoa em dúvida e tem tudo o que necessita.